Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

Jovens

 

É muito importante que os jovens percebam que para terem algo é necessário trabalhar para isso. E estes jovens têm sido uma agradável surpresa. 

Durante o período de férias, o que acontece á maioria dos jovens é ficarem em casa frente a um computador. Aqui meteram mãos á obra e com muita boa disposição constroem um espaço onde podem estar.

Este é um espaço onde se vão divertir e trabalhar. Meio ambiente e apoio comunitário são alguns dos projectos que têm.

 

 

publicado por silvia às 15:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 19 de Junho de 2009

Não sei quantas almas tenho

 

 

 

Não sei quantas almas tenho.

Cada momento mudei.

Continuamente me estranho.

Nunca me vi nem acabei.

De tanto ser, só tenho alma.

Quem tem alma não tem calma.

Quem vê é só o que vê,

Quem sente não é quem é,

Atento ao que sou e vejo,

Torno-me eles e não eu.

Cada meu sonho ou desejo

É do que nasce e não meu.

Sou minha própria paisagem;

Assisto à minha passagem,

Diverso, móbil e só,

Não sei sentir-me onde estou.

Por isso, alheio, vou lendo

Como páginas, meu ser.

O que sogue não prevendo,

O que passou a esquecer.

Noto à margem do que li

O que julguei que senti.

Releio e digo: "Fui eu ?"

Deus sabe, porque o escreveu.

(Fernando Pessoa)

 

 

 

publicado por silvia às 23:21
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Junho de 2009

Encontro de amor incondicional


reiki
Enviado por marlene11. - Mais videos sobre o estilo, a moda e o faça você-mesmo
publicado por silvia às 23:11
link do post | comentar | favorito

Dia mundial da criança

 

Mesmo com a chuva a ameaçar o dia, as crianças não desistiram e divertiram-se imenso. Nada como a energia das crianças!!

 

 

publicado por silvia às 18:58
link do post | comentar | favorito
Domingo, 14 de Junho de 2009

Abertura do terceiro olho

Mais um passo muito importante na minha vida!

 

publicado por silvia às 22:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 12 de Junho de 2009

ERA UMA VEZ, NA LUZ DAS ESTRELAS...

Era o tempo de sua liberdade,
E você dançava pelo éter...
De mãos dadas com as estrelas.
 
Era a hora de suas escolhas...
E você olhou para a Terra, e sorriu.
E desceu para mais uma jornada no mundo.
 
Era assim que você fazia: dançava no céu.
Mas, agora você não se lembra disso.
E as estrelas estão com saudades.
 
Era tão lindo o seu vôo...
Você voava cantando e rindo.
E deixava um rastro de luz por onde passava.
 
Era um outro tempo, em outro lugar.
Mas, chegou à hora da colheita...
E você virou o bebê de alguém.
 
Era o tempo de uma nova vida...
E você riu, e me disse: “Não se esqueça de mim!”
Ah, querida! Como esquecê-la?
 
Era uma vez, acima do mundo e além da vida...
Quando eu fiz uma canção.
E ela falava de você.
 
Era uma vez, querida...
Quando um grande amor desceu em mim.
E eu dancei com as estrelas, por você.
 
Era no espaço, por entre os pensamentos.
Era no coração, por entre os sentimentos.
Era na canção de amor que fiz, por entre os planos.
 
Era uma vez... Quando o amor fez o meu coração falar.
Era eu o menino do seu sonho.
E aquela estrela que você tanto gosta, também sou eu.
 
Era eu olhando-a pequena no berço.
E, certa vez, você me viu, e disse:
Têm um anjo no meu quarto!”
 
Era mais do que um sonho, minha pequena.
E, na letra dessa canção, eu me revelo a você.
Para que você sinta-se muito amada.
 
Era um outro tempo...
E eu não me esqueci de você.
E a canção fala por mim.
 
Era uma vez... Quando eu dancei com as estrelas.
Por você. Pelo amor.
Quando eu virei menino.
 
Era uma vez... Quando o amor me fez escrever.
Então, algo desceu do céu, em seu coração.
E você ficou feliz, sem saber o motivo.
 
Era um presente... De outro coração.
Era essa canção, por entre os planos da vida.
E, agora, você sabe: o amor é maior do que tudo!
 
Era uma vez, na luz das estrelas...
 
P.S.:
No silêncio da meditação, eu ouvi uma voz sutil.
Ela me disse: “Deixe o seu coração falar...
Escreva uma canção de amor, que inspire outros corações.”
E eu fiz. E agora, eu sou só sei o que o amor fez de mim.
Sumiu o homem, ficou o menino... E eu, cada vez menor.
Sim, cada vez menor, diante do infinito...
Enquanto um grande amor fala em meu coração:
Vive, ama, escreve, compartilha, compreende, ri, e segue...”
 
(Dedicado para aqueles que sentem um grande amor em seus pequenos corações e que, por isso, são apaixonados pela Vida e pela Luz.)
 
Paz e Luz*.

 

publicado por silvia às 17:40
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Junho de 2009

...

 

Todos nós ao nascer ganhamos um espelho. Este espelho é, então, colado no nosso peito. E assim vivemos toda a nossa vida, refletindo o outro e vendo no (espelho do) outro o nosso reflexo. Hermann Hesse disse: “Se você odeia uma pessoa, odeia algo nela que faz parte de você. O que não faz parte de nós não nos incomoda.”
Viver considerando isto, vai desenvolvendo nossa compaixão, nossa tolerância, nossa empatia e nossa solidariedade para com as nossas fraquezas e dificuldades e as dos outros.
 

publicado por silvia às 18:46
link do post | comentar | favorito

...

Essa obra, originalmente entitulada O Choque das Raças: romance americano do ano 2228, é o único romance pra adultos escrito por Monteiro Lobato.

Isso sim é ficção científica de verdade. Tanto é que é necessário vir com o aviso em letras garrafais: "qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência".

Por que isso? Simplesmente porque cem anos atrás Monteiro Lobato previu, dentre outras coisas, que os EUA teriam um presidente negro cheio da esperança do povo, que o rádio sairia de moda e quea moda seria fazer tudo a partir de casa (internet)... Vou transcrever outra:

"O amarelo vencerá o branco europeu por dois motivos muito simples: come menos e prolifera mais."

Não é isso que estamos a ver?, o foco do mundo saindo dos EUA e indo pra ásia novamente, não somente na economia como também nas telenovelas, na cultura, etc?

É claro que não devemos ler isso com um olhar sobrenaturalista acima do olhar literário. Mas quem não ficou curioso pra ver o que esse profeta escreveu e já se concretizou? Fora isso, vale notar a riqueza com que ele escreveu essa "historinha" pra adultos. Mas ficou imortalizado mesmo por compor pra crianças, como o Sítio do Pica-Pau Amarelo.

Depois que passar o susto pela inteligência científica do escritor - a ponto de fazer análises sociológicas maravilhosas dentro de um romance - nós podemos, em paz, voltar a apreciar seu texto como o que ele pretendia ser: "apenas" um romance.
 

 

publicado por silvia às 17:59
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 10 de Junho de 2009

Novo amigo

Depois de tantas perdas, até a nossa cadelinha Francisca desapareceu!! Mas mais uma vez, nada de desistir. Temos um novo elemento para alegrar o sorriso da Qiqa... O Miguel!! :)

 

publicado por silvia às 20:58
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Junho de 2009

A escada

 

Novamente a escada de jacob!!

 

Degrau a degrau subimos para chegar ao nosso destino final. Durante a nossa subida encontramos muitas vezes os degraus danificados, quase intransponiveis. O que fazemos? Paramos? Desistimos? Regredimos? Não! Devemos com cuidado e carinho arranjar esse degrau, por pior que ele esteja, e continuar.

Continuar e arranjar todos os degraus estragados.. mas sempre continuar!

publicado por silvia às 19:03
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ...

. Introversão

. Primavera da vida

. Crianças

. Jovens

. Não sei quantas almas ten...

. Encontro de amor incondic...

. Dia mundial da criança

. Abertura do terceiro olho

. ERA UMA VEZ, NA LUZ DAS E...

.arquivos

. Julho 2010

. Abril 2010

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2006

.tags

. todas as tags

.links